Breaking News :

nothing found
September 21, 2019

O e-mail marketing (não) está morto

Os grandes também erram. Em 2009 o Wall Street Journal publicou um artigo que havia terminado o reinado do e-mail e dizia que a bola da vez eram as redes sociais (Facebook e Twitter).

Provavelmente já lhe disseram que o e-mail marketing morreu, que ninguém mais lê e-mails, simplesmente os apagam de sua caixa de entrada.

Quem tem este tipo de argumento provavelmente teve alguma experiência negativa na utilização do e-mail marketing, e isso ocorre por falta de estratégia e planejamento.

O caminho para o fracasso

O principal erro cometido ao se trabalhar com e-mail marketing é a compra de listas. Não pense que se você comprar uma lista de 1 milhão de e-mails e disparar um e-mail irá conseguir algum retorno, isso é pura ilusão, além do que o que você estará fazendo é encher a caixa de entrada das pessoas com spam. E é este tipo de “estratégia” que faz a maioria das pessoas achar que o e-mail marketing não traz resultados.

O maior segredo sobre e-mail marketing

Prometa não contar para ninguém, ok?

A boa noticia é que o e-mail marketing não só funciona como também é uma das melhores estratégias para se obter resultados e ganhar dinheiro em qualquer ramo de negócio.

Veja também: Dicas para Escrever emails que serão abertos lidos e clicados

Os 7 passos para obter sucesso com seus e-mail marketing

1 – Captação correta de e-mails para sua lista

  • Defina o seu publico alvo, saiba quem é o seu futuro cliente, quais são seus medos, suas maiores necessidades, procure identificar seus problemas.
  • Gere conteúdo de qualidade. Procure entregar algo que ajude as pessoas a resolver seus problemas. A informação será a sua maior aliada para o relacionamento com seu prospect.
  • Ofereça este conteúdo como uma “isca digital” em troca do e-mail. As pessoas são movidas por benefícios e só agem quando sentem que estão ganhando algo em troca, por isso você precisa dar um conteúdo de qualidade em troca do e-mail, é a lei da reciprocidade.

2 – Qualidade e relevância do conteúdo

Não seja um chato que manda e-mails a toda hora. Ninguém gosta de ver sua caixa de entrada abarrotada de e-mails. Mande e-mails com cautela, escolha o melhor conteúdo para ser enviado, veja se o conteúdo que você está enviando realmente tem valor e que irá ajudar a sua lista a resolver algum problema.

Não se preocupe demais com o design do seu e-mail, até porque as pessoas detestam receber e-mails de empresas que só pensam em vender. Então crie e-mails mais simples, como se estivesse escrevendo para o seu melhor amigo.

“Pessoas gostam de comprar de pessoas, não de empresas”.

3 – Relacionamento e confiança

Esta é a palavra de ordem: relacionamento. E é nisso que você deve se focar. Procure se relacionar com a sua lista, trate as pessoas de sua lista como se fossem seus amigos, agregue valor ao seu conteúdo e com o tempo terá a confiança dos seus leitores, pois verão que você realmente entende do assunto e que você acrescenta algo à vida deles.

Outra regra para se criar um bom relacionamento é a regra denominada NSE ou NSC:

  • N – não
  • S – seja
  • E – entediante

Não seja entediante, seja interessante.

  • N – não
  • S – seja
  • C – chato

Não seja chato

4 – Facilite o processo de (opt-in)

Jamais envie e-mails sem autorização. Utilize sempre o duplo opt-in, assim você terá somente pessoas que realmente se interessam no assunto que você tem a falar, e consecutivamente, terá uma taxa de abertura (leitura) muito maior dos seus e-mails.

Não faça a pessoa perder tempo. Facilite a vida dela colocando o seu formulário de captura em um lugar visível no seu blog. Tenha um formulário simples e direto e peça apenas o necessário, ou seja, o nome e o e-mail, assim as chances de aumentar a sua lista serão bem maiores.

5 – Facilite a saída de sua lista

Isso mesmo. Deixe bem visível a opção de descadastramento para quem não quiser mais receber seus e-mails. Isso é uma dádiva, pois não queremos pessoas que não estão envolvidas com nosso conteúdo em nossas listas, essas pessoas só geram custos e não trazem resultados.

6 – Analise o relatório de visualizações e cliques

Para conseguir uma boa taxa de abertura os e-mails devem passar relevância e credibilidade. Planeje com cuidado o assunto de sua mensagem e o motivo do envio.

O campo do assunto tem um único objetivo: fazer a pessoa clicar no e-mail. Em meio a milhares de e-mails na caixa de entrada, o que fará com que elas cliquem no seu e-mail? Assim, gaste mais tempo ao criar o assunto do seu e-mail. Utilize palavras persuasivas que criem o desejo e despertem a curiosidade do leitor.

Exemplos de assunto instigantes:

  • Estou chateado…
  • Sério! Você precisa ver isto…
  • Desculpe, preciso lhe contar…
  • Eles estão mentindo…
  • Você comete este erro?…
  • 7 passos para o sucesso…

Compare a taxa de abertura com a realizada em outros envios e vá identificando os temas que mais despertaram o interesse do seu leitor.

 7 – Faça teste A/B

Quando enviar um e-mail sempre faça o teste a/b. Não crie apenas um e-mail. Crie no mínimo dois ou altere apenas o assunto. Envie esses dois e-mails a uma parte da lista (+/- 30%) e identifique qual apresenta o melhor resultado de abertura e de cliques. Use o vencedor para enviar para o restante da lista.

Nota:

Lembre-se: Caso você não tenha endereços de e-mail para enviar as mensagens você não tem NADA. Por isso, a partir de agora, o seu maior objetivo é construir sua lista, dia após dia. Isso mesmo! Capturar e-mails todos os dias. Se você não estiver fazendo isso, estará perdendo tempo e dinheiro.

E como diz meu velho amigo: não existe o “botão fácil”. Para conseguir algo na internet, e isto também serve quando falamos em construção de lista, devemos persistir. A persistência será sua maior aliada em todas as etapas do seu projeto.

“Quem desiste jamais vence, quem vence jamais desiste”. (

PS.: Se gostou deste artigo, e quer receber dicas exclusivas se inscreva no formulário ao lado que lhe enviarei conteúdo para alavancar o seu negócio online.

admin

Read Previous

Qual a melhor hora para escrever um artigo?

Read Next

Dicas de sobrevivência para blogs de negócios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *